Guatemala: agência da ONU distribui alimentos às vítimas de desabamentos e inundações
9/9/2010

O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA) está distribuindo comida para mais de 100 mil guatemaltecos que precisam de assistência de emergência após as recentes chuvas torrenciais que assolaram o país. Segundo a agência, milho, feijão, óleo vegetal e uma mistura de milho com soja estão entre os itens das rações de alimentos distribuídas.

O país tem sido afetado pelo transbordamento de rios que saturou os solos desde que a forte chuva começou, com muitas comunidades ainda lutando para se recuperarem do impacto da tempestade tropical Agatha e da erupção do vulcão Pacaya no início deste ano. O PMA disse que seu programa de ajuda alimentar – realizada em conjunto com seus parceiros no Governo – está em funcionamento em todos os 22 departamentos da Guatemala. Mas os esforços mais recentes têm se concentrado nos departamentos de Petén, Retalhuleu, Escuintla, Izabal e Santa Rosa.

O representante do PMA na Guatemala, Willem van Milink, alertou que o perigo de inundações e deslizamentos de terra ainda não passou. “Estamos apenas no início de setembro”, disse ele. “Há ainda dois meses de chuva. A acumulação de todos estes problemas anteriores, além das chuvas contínuas, aumenta a gravidade do impacto de qualquer evento.”